VOCÊ NUNCA ESTEVE REALMENTE AQUI

O talento de Joaquin Phoenix é inegável, e não é diferente neste filme. Ele leva o filme sozinho, com poucas falas e muita força de interpretação nos olhares e movimentos. Sem falar na direção e roteiro de Lynne Ramsay, a qual nunca serve de lugar-comum.

A densidade do roteiro traz poesia em meio ao drama pesado e cenas de violência. Um homem, veterano de guerra, ganha a vida resgatando mulheres presas em cativeiros trabalhando como escravas sexuais. Após uma missão mal sucedida em um bordel de Manhattan, a opinião uma onda de violência se abate sobre sua vida. Ao contrário do que aparenta ser, o filme fala da busca pela inocência, na busca pela liberdade de um passado e pela cura da crueldade do mundo de hoje.

Ao unir um assassino de aluguel com os flashes de sua infância, conseguimos entender no final da trama onde a diretora deseja chegar… e bate fundo. Uma obra-prima que somente um talentoso ator poderia encenar.

” Você Nunca Esteve Realmente Aqui é um estudo de um personagem que oferece vasto material para discussão por ser, em essência, um imenso vácuo emocional”. Cinema em Cena

Screenshot_20180812-133324

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s