COM AMOR, SIMON

Aos 17 anos, Simon Spier aparentemente leva uma vida comum, mas sofre por esconder um grande segredo: nunca revelou ser gay para sua família e amigos. E tudo fica mais complicado quando ele se apaixona por um dos colegas de escola, com quem troca confidências diariamente via email, sem ao menos saber quem ele é. Desta forma que o roteiro se desenrola, levando os conflitos naturais desta fase de forma natural em frente ao espectador.

Temos boas atuações, simpáticas ao público e de fácil empatia, seja nos protagonistas como nos coadjuvantes. Claro que não há pretensão de ser um filme ganhador de prêmios, mas apenas um reflexivo e ótimo entretenimento.

A direção é suave e no timming certo, consegue mostrar as angústias do personagem usando takes e trilha sonora que auxiliam nesta conexão com o público.

Um filme fofo e necessário, o qual não utiliza o gay como um estereótipo, apenas como parte de um romance.

“No geral, “Com Amor, Simon” é uma comédia romântica adolescente amável, habilidosa e eloquente. O espetacularmente charmoso elenco, liderado pelo jovem Nick Robinson no papel principal, dá o seu melhor ao longo do filme, incluindo um final genuinamente agradável”. NewYork Times

Screenshot_20180408-204824

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s