ÁGUAS RASAS

Somos suspeitos, pois amamos a Blake Lively e qualquer coisa que ela têm feito se transforma em um evento para os espectadores, porém o filme consegue superar à sua presença e mantêm a atenção e suspense até o final.

Neste thriller Nancy  está surfando sozinha em uma praia isolada, quando é atacada por um tubarão branco e encurralada a poucos metros de distância da praia. Apesar de estar muito perto, chegar até lá se mostra uma imensa prova de sobrevivência e superação… mas não vamos dar spoilers.

Basta dizer que o medo é garantido pelo ótimo roteiro, mesmo tendo alguns clichés, a direção de Jaume Collet-Serra traz suspense e elegância e a fotografia é exuberante, pois estamos em meio a uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino sobre corais e areia branca.

A atuação de Blake também é um destaque, se mostra aqui uma atriz de enérgico compromisso físico e psicológico com sua personagem,  cada vez mais esfolada, lacerada, queimada, enregelada e exausta.

“O que poderia ter sido um mero filme B de verão, acaba resultando em um dos melhores e mais habilmente filmes produzidos de um tempo pra cá”. The Guardian

aguasrasas_2-1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s