O QUARTO DE JACK

O cárcere privado através do olhar puro de uma criança, é assim que Jack (Jacob Tremblay) vê o mundo, um menino de cinco anos que vive com a mãe (Brie Larson) num quarto sem janelas, iluminado apenas por uma claraboia. Ele não tem muito com quem conversar, então trata todos os objetos como coisas vivas. “Bom dia, Pia”, ele diz. “Bom dia, Cama”. Baseado na obra de Emma Donoghue, este filme é um dos mais emocionantes já feitos.

O universo dos sonhos é o caminho para enfrentarmos os absurdos que somos expostos em nosso cotidiano. O público não sabe por que os dois estão presos, mas as peças começam a se juntar quando Jack espia o homem de dentro do armário. Entendemos que a mãe não quer que o menino veja o que acontece à noite, e entendemos rapidamente o que acontece.

Apesar da situação, Ma (como a mãe é chamada pelo menino) tenta criar uma vida normal para Jack dentro daquele canto limitado: aquele é o Mundo e lá fora é o Espaço. Todas as coisas de Quarto formam o Mundo, e todo o resto não é real. O tempo todo, esperamos por uma nova tragédia e, como Jack, não conseguimos confiar em nenhum dos novos personagens, que chegam envoltos num suspense proposital.

Aos poucos, as coisas vão ganhando sentido e se encaixando em seus novos lugares. O que começara como um filme sobre a conquista da liberdade se revela um estudo sobre as relações que a criança cria com seu entorno.

“Acontece que contar esse tipo de história sombria através dos olhos de uma criança não é apenas um dispositivo astuciosamente palatável, é também artisticamente libertador, porque quanto mais o mundo se abre, “o quarto de Jack” menor se torna”. New York Times

141739

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s