JOY: O NOME DO SUCESSO

Joy não é um um filme que tenha muito a oferecer em roteiro, pois sabemos que se trata de uma história real de superação, que beira a autoajuda. Mas a atuação de Jennifer Lawrence, mais uma vez, merece destaque por sempre atuar de forma verdadeira e com alma.

Ela era uma criança prodígio, com várias ideias. O lar partido pela saída do pai acaba obrigando-a a tomar conta da casa e ela deixa seus sonhos para trás. Com muitas dificuldades financeiras, Joy pausa sua vida para cuidar da família. Mas após ser obrigada a hospedar seu pai em casa, ela decidirá reinvestir em si mesma.

Ela cria um esfregão mais prático e seguro e passa a correr atrás para garantir sua produção e distribuição, o que não vai ser nada fácil, sem contar com o apoio da própria família, que, com exceção da avó, não parece acreditar muito em Joy.

Bradley Cooper, que só aparece na segunda metade da produção, tem uma boa presença como um executivo da TV especializado em vendas de produtos. O personagem é interessante, mas pouco desenvolvido.

“Lawrence atinge todas as notas certas em um papel que exige que ela seja uma romântica sonhadora; uma cínica que desistiu do amor; uma mãe amorosa. É um desempenho maravilhoso em camadas que carrega o filme”. Chicago Sun-Times

583171

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s