PEGANDO FOGO

Ok, sabemos das limitações de Bradley Cooper, mas acho que deveremos deixar para trás os preconceitos após este filme.

Pegando Fogo é uma história sobre obsessão e autoconfiança. Cativa e emociona ao mostrar a rotina de um chef de cozinha que tenta recuperar tudo o que perdeu, além de desejar ser um dos melhores do meio de trabalho. Cercado de um bom elenco, Cooper demonstra uma dedicação admirável na hora viver o protagonista Adam Jones, afinal de contas, consegue ser irônico, sarcástico e voraz. Ao mesmo tempo, é possível sentir ódio do personagem. Não há bandidos e nem mocinhos.

O diretor entrega ao espectador um panorama interessante sobre os bastidores de um restaurante de elite. Por mais que conte com a aparência de Bradley Cooper para chamar a atenção do público, não há no filme uma exploração maior de sua beleza e poder de sedução.

“Apoiado por um elenco azeitado, o diretor John Welles […] constrói a trajetória de redenção de Jones como num daqueles longas recheados de adrenalina, fugindo da mesmice da comédia romântica”.  O Globo

 

058013.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s