A TRAVESSIA

A imponência do World Trade Center fascinou todo o mundo em sua inauguração, nos anos 1970, mas especialmente um jovem artista de rua francês que, aos 24 anos, colaboraria com o mito criado em torno dos arranha-céus de Nova York. Em 7 de agosto de 1974, Philippe Petit burlou a segurança das chamadas Torres Gêmeas e esticou um cabo de aço de 60 metros entre os prédios, sobre o qual andou e fez malabarismos a quase meio quilômetro de altura ao longo de 45 minutos.

Robert Zemeckis aborda a façanha do título com as ferramentas do cinema mágico: sua câmera faz contorcionismos de todos os tipos, voando aos céus e mergulhando ao chão, com imagens mudando entre o colorido e o preto e branco, o acelerado e a câmera lenta. O cinema torna-se um espetáculo análogo ao circo, local onde o jovem Petit faz sua formação de equilibrista e malabarista. A habilidade física excepcional de caminhar sobre uma corda é vista como um truque qualquer, comparável às ilusões dos mágicos ou às ilusões do próprio cinema, com seus efeitos de edição e computação gráfica.

O filme é bom. Tem Joseph Gordon-Levitt fingindo sotaque francês ao falar diretamente com o público através da câmera – recurso que funciona graças à empatia do ator. Do alto da Estátua da Liberdade, com Manhattan ao fundo, ele narra a história desde que Petit deixou a casa dos pais em Nemours e rumou a Paris, para ganhar a vida do jeito que desse – sem abandonar o sonho de se tornar equilibrista.

“O diretor reconhece a perda das torres ao carinhosa e meticulosamente ressuscitá-las no momento de seu nascimento. O filme se torna um poema de metal e concreto, uma sinfonia composta de vidro e vergalhões, luz e ar, trazida à vida numa esquisita e louca inspiração”. The New York Times

140264

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s