O DESTINO DE JÚPITER

O filme é uma ação ambiciosa passada nos dias de hoje, mas focada em um mundo fantasioso fora do planeta Terra. Júpiter (Kunis) é uma jovem que vive com a mãe e a tia em Chicago. Elas passam dificuldades e a garota parece sempre sonhar com o “mundo exterior”. Determinado dia, ela sofre um ataque de pequenas criaturas alienígenas e se descobre em meio a uma disputa familiar de poderosos donos de planetas.

O filme tem boas cenas de efeitos especiais e excelente qualidade visual, mas por outro lado peca com o roteiro repleto de falhas e diálogos absurdos. Mistura imortalidade, reencarnação, rejuvenescimento, burocracia, casamento entre irmãos, imigração, venda de órgãos… O filme atira para todos os lados e não acerta nada. Possui falas inacreditáveis, como “abelhas não mentem”. Sim, abelhas, o inseto. Tem até uma suruba com aliens.

“Um decepcionante retrocesso na carreira dos Wachowski, que se perdem em uma espalhafatosa e subdesenvolvida guerra de terras no espaço que tenta seguir o modelo de Star Wars.” Variety

O-Destino-de-Júpiter-1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s