O DOADOR DE MEMÓRIAS

Este é um drama de aspirações filosóficas complexas, levantando a questão do papel do Estado na sociedade como suposta forma de proteção do indivíduo contra si mesmo – em outras palavras, um debate sobre as origens do pensamento nazifascista. Obviamente, o filme tem proporções modestas, e nunca se torna um complexo debate de ideias, mas possui o mérito de observar todos os seus personagens com um curioso respeito: não existem vilões tradicionais aqui, apenas pessoas que tomam decisões questionáveis por acreditarem ser o melhor para a sociedade.

Na história, Jonas vive em uma sociedade distópica onde os indivíduos não têm emoções, respondendo roboticamente aos comandos de um poderoso governo. As pessoas atuam na profissão escolhida pelos anciões, não fazem sexo (os bebês são criados artificialmente) e moram num mundo literalmente em preto e branco. Acima de tudo, os habitantes não têm memórias, de modo que apenas uma pessoa na comunidade é encarregada de guardar todas as lembranças do passado. Jonas é escolhido para a tarefa, embora possua um espírito rebelde e contrário ao sistema.

Como todo bom filme pra adolescentes que se preze, esse vem com uma lição ao final, e, no caso, envolve não apenas a valorização das memórias, das perdas e das dores (pois é por meio delas que crescemos), mas também como o cinema pode ser limitado quando quer tratar de uma questão se repetindo, e cada vez com menos sagacidade.

“Os belos e bem fotografados parques de “O Doador de Memórias” são bons cenários para um estilo de vida de ignorância histórica e vocabulário controlado. […] Apesar destes prazeres, existe o problema do roteiro. Alguns diálogos são atrozes”. The Guardian

POSTER-DOADOR_MEMORIAS_SKARSGARD_1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s