AMANTES ETERNOS

A trama gira em torno do amor secular existente entre Adam e Eve. A coincidência com o casal original não é mera coincidência, que voltam a se encontrar após um período separados. Ele é um astro underground do rock, daqueles cuja reclusão alimenta ainda mais a paixão dos fãs. Ela é mais solta, por mais que viva também entre as sombras da noite.

A paixão entre os dois norteia boa parte do longa-metragem, mas há algo além disto: uma mútua compreensão sobre quem é o outro, no sentido de aceitá-lo e amá-lo desta forma. Uma profundidade muito bem representada por Tilda Swinton e Tom Hiddleston, intérpretes dos personagens, que proporcionam um mergulho neste estado de espírito um tanto quanto hipnótico, também para o espectador.

Amantes Eternos não é um filme de fatos impactantes, apostando mais no lado sensorial do que se vê na tela. Não é um filme recomendado para quem busca ação, terror ou suspense envolvendo vampiros. Trata-se de um drama, fortemente carregado em romantismo mas sem ser meloso nem exagerado e com uma trilha sonora espetacular.

“Os clichês de vampiros ganham uma transfusão maliciosa e terna de sangue fresco em “Amantes Eternos” […] Jarmusch constrói um ensaio apaixonado e perfeitamente chique sobre ciência, música, tempo e, acima de tudo, amor”. Screen International

Amanter-Eternos-Poster

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s