VERSOS DE UM CRIME

Daniel Radcliffe tem optado por boas produções após deixar Harry Potter, mas sem arriscar em em outros filmes de estilo parecido. Desta vez ele aceitou a difícil tarefa de interpretar o poeta Allen Ginsberg em Versos de um Crime. Pode não ter conseguido (ainda) um novo sucesso de público, mas tem demonstrado coragem ao assumir papéis desafiadores que o tirem do lugar comum.

Baseado em fatos reais, Versos de um Crime tem uma inevitável ligação com o recente Na Estrada, dirigido por Walter Salles, já que ambos falam sobre o universo de ousadia que deu origem ao movimento beatnik. Entretanto, há diferenças consideráveis entre eles.

Tendo como pano de fundo um triângulo amoroso inusitado, com uma boa dose de desejo reprimido, Versos de um Crime é um bom filme que mostra um pouco da juventude de escritores que se tornaram ícones da América pós-2ª Guerra Mundial, seja pelo espírito libertário que carregavam consigo ou pela própria quebra das regras do status quo de momento. A bela composição do elenco como um todo é um trunfo da produção.

“O filme transmite uma verdadeira energia e paixão […] Embora comece como um suspense, “Versos de um Crime” pode ser descrito como uma história de moral intelectual, uma trama que retrata muito bem o seu tempo, mas também tem ecoa nos dias de hoje”. The Guardian

poster-versos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s