ANGIE

Está longe de ser um filme perfeito, uma espécie de road movie em que uma garota busca pelo seu pai e sua história, mas é inegável que representa uma evolução na direção de Márcio Garcia.

Pouco exploradas as atuações de Andy Garcia e Juliette Lewis que, com certeza, ajudariam a segurar melhor a história, pois Camilla Belle ainda não possui este “talento”.

Um roteiro (de uma brasileira radicada fora, Julia Camara) mal ajambrado, cheio de clichês de Road movie, extremamente previsível e com diálogos fracos e sem humor. Ganha pelas belas imagens em um clima típico de filmes independentes norte-americanos.

20477560.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s